Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Olímpia-SP - Home Page
 
  Olímpia-SP, Sábado, 03 de Dezembro de 2022
 
  Página Inicial
  Quem Somos
  Palavra do Presidente
  Diretoria
  Editais
  Atas
  Previdência
  Estatuto
  Legislação
Juridico
  Prestação de Contas
  Convênios
  Notícias
  Filie-se
  Links Úteis
 

Fale Conosco

 
 
Convênios e Parcerias  
 
Notícias
 
Piso nacional dos professores deve ser base de plano de carreira para municípios e estados, diz PGR - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Olímpia-SP
Piso nacional dos professores deve ser base de plano de carreira para municípios e estados, diz PGR
09/09/2022

O procurador-geral da República, Augusto Aras, em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF), defendeu que os estados e municípios apliquem o piso salarial nacional determinado em lei para a remuneração inicial de professores da educação básica da rede pública. A partir da adoção desse patamar mínimo de pagamento, também são válidos, segundo o PGR, os ajustes para os demais níveis de carreira.

A tese é defendida em ação com repercussão geral no STF, cuja decisão deverá ser seguida pelas demais instâncias da Justiça. O assunto é tratado no recurso de uma ação que teve início quando uma professora da educação básica de São Paulo acionou a Justiça para receber seu salário de acordo com o piso salarial nacional.

Ação em SP

No processo, a 2ª Turma Cível e Criminal do Colégio Recursal de Votuporanga, no interior paulista, considerou que seria necessário que o vencimento básico inicial fosse recalculado e determinou o reajuste das diferenças salariais no pagamento dos demais vencimentos. Dessa forma, o piso nacional se refletiria em toda a estrutura remuneratória da carreira do magistério estadual.

O Estado de São Paulo, no entanto, questionou a decisão perante o STF, argumentando que foi violada a autonomia estadual em relação à União. O governo paulista defendeu ainda que a remuneração dos servidores públicos estaduais somente pode ser fixada ou alterada por lei estadual específica, e sustentou que é vedada a vinculação ou a equiparação de quaisquer espécies remuneratórias no serviço público.

'Estruturação da carreira'

Na manifestação, o PGR destaca que o STF confirmou a constitucionalidade da Lei federal 11.738/2008, que instituiu o piso salarial da categoria, em duas situações. Em outro trecho do documento, Aras defende a estruturação da carreira prevista na lei, que pressupõe tanto um escalonamento de cargos quanto de remuneração entre eles.

O PGR também analisa a competência dos estados para definir o escalonamento remuneratório e destaca que nem a Constituição Federal nem a Lei 11.738/2008 exigem ou proíbem que seja adotada determinada proporção matemática no escalonamento remuneratório da carreira.

A única exigência, pondera Aras, é que o vencimento inicial da categoria seja, no mínimo, o valor do piso nacional anualmente atualizado. Com base nesse argumento, o procurador-geral considera que é constitucional a adoção pelo Legislativo local do piso nacional do magistério público da educação básica com reflexo automático no sistema de escalonamento remuneratório da carreira.

"Essa técnica legislativa, sem desprestigiar a autonomia federativa, harmoniza-se com o piso nacional de valorização dos profissionais da educação escolar e com a proteção dos servidores públicos das perdas decorrentes do processo inflacionário", reforça Aras.

Fonte: Extra (RJ)

 
02/12
  CLUBE DE VANTAGENS HAPVIDA
28/11
  Julgamento da revisão da vida toda do INSS deve ser retomado no STF
28/11
  Tribunal autoriza o uso do FGTS do filho para o tratamento de doença grave da mãe
28/11
  Projeto proíbe estados e municípios de contratar professores temporários na educação básica sem processo selet
28/11
  Decisão mantém adicional de insalubridade por equipamento de proteção individual sem certificação
Mais Notícias     
 
 
Filie-se agora!
 
Transparência - Prestação de Contas
 
Unimed Rio Preto
 
HB SAÚDE S/A
 
Oral Sin - Olímpia
 
São Francisco Odonto
 
AUSTAclínicas
 
Sisnatur Card
 
UNINTER EDUCACIONAL S.A.
 
Fesspmesp - Sindicato dos Servidores
 
Colégio Liceu Olímpia
 
 

 
Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Olímpia
 
 
 
Endereço
Rua Sete de Setembro, nº 456, Centro
CEP: 15400-000 - Olímpia-SP
 
 
 
 
 
Fale Conosco